Ó pá, BACALHAU!: Dos mares noruegueses à culinária portuguesa

Uma deliciosa viagem na história de um peixe que transformou os hábitos de vários povos e que ao longo de séculos, encorajou os navegantes no Período das Descobertas, o conhecimento de Terras Novas e da busca pelas especiarias no Oriente Médio.Essa viagem começa a milhares de anos atrás e nos mares da Península Escandinávia, com o povo vikings que já explorava a pesca do Gadus Morhua do mundo em águas norueguesas. Uma população imensa de peixe que tem sido o meio de subsistência para pessoas ao longo da costa por milhares de anos, não apenas como comida, mas como mercadoria comercial. Da Noruega fazemos uma escala na Espanha e Itália até chegar em Portugal onde mostramos que sua relação com Portugal é tão íntima, que o Bacalhau é conhecido como o FIEL AMIGO e, recebeu da UNESCO o título de patrimônio imaterial da humanidade e que transformou-se de simples gênero alimentar em símbolo da identidade portuguesa.O bacalhau e os portugueses se fundiram para a construção de inúmeros pratos, além de contribuir para a difusão na gastronomia e dentre eles destacam-se como típicos do país:Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau à Zé do Pipo, Bacalhau à Gomes de Sá, Bacalhau à Brás, Pasteis de Bacalhau ou bolinho de bacalhau, Bacalhau Espiritual, Bacalhau à Assis.O livro traz mais de 150 receitas e modos de preparos, do estrugido a a base aromática portuguesa, passando pelos tradicionais italianos Baccalà alla Vicentina, ao basco Bacalao al Pil Pil e ao famoso norueguês Skrei o MELHOR Gadus Morhua e suas curiosidades.Tudo com lindas fotos e dicas de finalização e deliciosas sugestões de pratos.

Autor Ó pá, BACALHAU!: Dos mares noruegueses à culinária portuguesa:Rodrigo Marinho da Cruz